PARA ESTA ÉPOCA DE MIGUEL - Rudolf Steiner

Clique aqui para comentar esta publicação




“Tudo que pertence ao passado tem que ser reduzido ao nada.
As nuvens ficaram concentradas em volta do homem, e ele terá que encontrar a sua liberdade, encontrar o seu próprio poder, toda a sua força a partir deste nada.
A necessidade material externa mudará para uma necessidade de alma.
A partir desta necessidade profunda de alma a visão nascerá.
Temos que erradicar da alma todo o medo e terror do que o futuro possa trazer ao homem.
Temos de adquirir serenidade em todos os sentimentos e sensações, a respeito do futuro.
Temos que olhar para frente com absoluta equanimidade para com tudo o que possa vir.
E temos que pensar que tudo o que vier nos será dado por uma direção universal, plena de sabedoria.
Isto é parte do que temos de aprender nesta era: a viver com plena confiança sem qualquer previsibilidade na existência; com a certeza da ajuda sempre presente do mundo espiritual.
Em verdade, nada terá valor se a coragem nos faltar.
Disciplinemos nossa vontade e busquemos o despertar interior todas as manhãs e todas as noites!”

 Rudolf Steiner - Bremen (Alemanha) - 27 de novembro de 1910




******

Discurso da Dissolução - Jiddu Krishnamurti

Clique aqui para comentar esta publicação







Discurso da Dissolução

A Ordem da Estrela no Oriente foi fundada em 1911 para proclamar o advento do Instrutor do Mundo. Krishnamurti fora nomeado o Dirigente da Ordem. Em 3 de agosto de 1929, dia da abertura do Acampamento Anual da Estrela, em Ommen, Holanda, Krishnamurti dissolveu a Ordem diante de 3.000 membros. Abaixo está o texto completo da palestra que ele deu naquela ocasião.

“Vamos discutir nesta manhã a dissolução da Ordem da Estrela. Muitas pessoas ficarão encantadas, enquanto outras ficarão um tanto tristes. Não é uma questão nem para júbilo nem para tristeza, porque é inevitável, como eu vou explicar. “É possível que vocês se lembrem da história de como o diabo e um amigo dele estavam descendo a rua quando viram à sua frente um homem se agachar e pegar algo do chão, dar uma olhada e colocar no bolso. O amigo perguntou ao diabo: “Que foi que o homem pegou?” “Ele pegou um pedaço da verdade”, respondeu o diabo. “Isso é um negócio muito ruim pra você, então”, disse o amigo dele. “Oh, de modo algum”, retrucou o diabo, “Vou deixar que ele a organize”.